19
Out
11

Preciso como relógio!

Aos 87 minutos Artur voa imperialmente além do limite da pequena área e segura com mãos de ferro a bola sem medo do contacto com o adversário. Por momentos lembrei-me de Costa Pereira que enlouqueceu os brasileiros com este tipo de saídas, novidade então, na terra do samba. Julgo que finalmente muito boa gente percebeu finalmente o que é realmente um guarda-redes que faz ganhar jogos. É alguém que faz o seu trabalho na hora e no momento certo, não anda em grande espalhafato durante 89 minutos para borrar a pintura no minuto 90. Ontem com 3 ou 4 intervenções Artur foi o homem do jogo.

Curioso como o guarda-redes foi o melhor num jogo absolutamente controlado pelo Benfica, mas vida de guarda-redes é mesmo assim…assumir-se num momento especifico e ganhar o jogo para a sua equipa.

Após o jogo com os romenos lancei a ideia da conquista do 1º lugar do grupo. É bom saber que esta equipa do Benfica já pensa bem mais alto que a modéstia e mesmo mediocridade que tem acompanhado o seu futebol desde há muito. Ontem o Benfica entrou e campo com a consciência da sua superioridade, mas mais que isso, que tinha de a demonstrar inequivocamente, mas com a humildade necessária para saber sofrer se necessário.

Num mini estádio da Luz, tantos foram os adeptos encarnados na bancada, JJ como bom técnico tuga, acordou com vontade de botar surpresa, e lançou contra todas as expectativas o Rodrigo no lugar do Cardozo. Já deu para perceber que Rodrigo vai ser o “afilhado” preferido de JJ, e espero que ele saiba aproveitar a oportunidade. Ontem julgo que não fez um grande jogo, apesar de ter interferência directa no 1º golo, mas se é certo que a sua mobilidade permitiu um desdobramento mais rápido nas acções ofensivas, ainda lhe falta a experiencia necessária para ser titular do Benfica, e o seu jogo foi pouco consistente.

Com um Witsel brilhante no controle do meio campo, auxiliado pelo regressado Javi, o Benfica assumiu pressão alta sufocando a linha defensiva suíça, que lançou mão do seu tradicional e monocórdico jogo, aborrecido e sem ponta de imaginação, na linha do sempre foi o futebol suíço.

O golo de Bruno César foi o colorário natural da superioridade encarnada, e o resultado pecou por escasso ao intervalo, muito por falta de acerto no último passe. E tirando um ou outro sobressalto resolvido pelo “rei” Artur, tudo decorreu na paz dos anjos até ao intervalo.

Após o intervalo a surpresa absoluta. Os suíços devem ter passado os 15 minutos do intervalo a comer muito queijo, esquecendo-se em absoluto que o jogo era de Champions, impondo um ritmo de jogo digno de regional. Acredito que os jogadores do Benfica nem devem ter acreditado no que estava a acontecer, e desconfiando, preferiram e bem controlar o jogo, antes que aquilo tudo não passasse de alguma armadilha tenebrosa.

Mas não, e JJ lançou a mão de Cardozo e Nolito para acabar com tudo antes que algo de estranho pudesse acontecer. E quando os pobres patetas dos suíços resolveram montar uma barreira imitando um queijo Gruyère, Cardozo aborreceu-se e meteu a bola na baliza sentenciando o jogo. O resto foi apenas patetices, que culminaram com as expulsões de Emerson e JJ.

A estratégia encarnada esteve perfeita, notando-se que o Benfica estudou muito bem a equipa suíça, com os médios centro encarnados abafando por completo os seus adversários, pois o jogo suíço depende destes para lançarem o jogo para os seus avançados, experientes e fortes. Com o jogo estancado o único problema veio de um baixote com ar de culturista, e nome esquisito, Xherdan Shaqiri, que na 1ª parte massacrou o pobre Emerson pondo a nu as suas deficiências, e ainda por cima sem qualquer ajuda, no 1x1ou 1×2 que eram ensaiados vezes sem conta entre o tal Shaqiri e o alemão defesa direito. O que valeu nesses momentos foi a exibição fenomenal dos centrais Luisão e garay, hoje por hoje a melhor dupla de centrais do futebol luso.

Quando Emerson levou o amarelo apostei com o meu cão Asdrúbal que ele nunca na vida acabaria o jogo, e confesso que me admirei que a sua expulsão só ocorresse tão tarde. Pese o seu esforço e vontade, Emerson é sem dúvida o elo mais fraco do império encarnado. E já  agora uma pergunta…quem vai jogar na Luz? Jardel?…poupem-me os insultos que eu não tenho nada a ver com isto…

Um facto que me faz espécie…que raio se passa com o físico dos jogadores? Que o Maxi “cantiflas” Pereira esteja com os bofes de fora ainda compreendo devido à copa América. Agora o Gaitan que foi passear para a selecção Argentina, ou o Bruno César que nem passear foi, não compreendo. É que, minhas gentes, ainda estamos em Outubro…Outubro de 2011 e a época só termina em Maio de 2012. Sem Maxi possivelmente lesionado, e sem Emerson castigado, quem jogam? Pois, onde está o 2º lateral do grupo Champions? Vamos lançar a miudagem? Por mim tudo bem, quem não tem cão caça com gato. Mas lançar jovens apenas como último recurso não é bom.

Agora vem o jogo fundamental, daqui a 15 dias. A vitória é imperiosa para garantir praticamente o apuramento a 2 jogos do final. Seria fantasticamente motivador, bem como um conforto interessante para o Benfica puder abordar jogos de grau de dificuldade mais exigentes na liga nacional sem reservas.

Bola7 falou…

Anúncios

10 Responses to “Preciso como relógio!”


  1. 1 Lereno
    19/10/2011 às 10:38

    e o Cardozo esteve a afinanar a pontaria, no banco, entrou e acabou o jogo, é só, ehehehehehehehehehehehe

  2. 2 Riera
    19/10/2011 às 12:18

    O triângulo Artur-Luisão-Garay é absolutamente imperial! Desde Michel e Ricardo que não me sentia tão confiante. A questão do lateral esquerdo na recepção ao Basileia vai ser engraçada de resolver pelo Mister, mas apostaria no Luis Martins. Precisamos de um lateral para esse jogo, não de um defesa estático. Veremos o que JJ nos reserva… Como dizes, e bem, o importante é resolver a questão da qualificação já contra os suiços na Luz, para abordar Old Trafford com ganas de deslumbrar, o que está ao alcance desta equipa. Velho, o teu cão tem um nome mais giro que o teu, caraças… 🙂

    • 3 tabakaebola
      19/10/2011 às 14:03

      O asdrúbal é um digno sucessor do meu anterior cachorro o Boca Lino…esse ingrato que um dia pegou nas malas e regressou a Portugal..

  3. 19/10/2011 às 12:26

    exactamente. eu, quando vi o Artur a voar, pensei, isto é uma defesa à antigamente, à Galrinho, que não tenho, infelizmente idade para ter visto o Benfica Bi-Campeão da Europa.

  4. 5 blog
    19/10/2011 às 12:43

    finalmente li um post inteiro do bola…

    resultado?

    fiquei com gases…

    • 6 tabakaebola
      19/10/2011 às 14:02

      berlog berlog…ainda vivo?

      • 7 blog
        19/10/2011 às 14:56

        passa no meu blog para veres o que é qualidade analítica…

  5. 8 DeVante
    19/10/2011 às 13:11

    Quem sabe não é a oportunidade que o Luís Martins necessitava?! Acho que o Luís Martins não deve ser pior que o Emerson.

  6. 9 ela
    20/10/2011 às 07:51

    Grande cronica,Bola. Naturalmente inspirada pelo Grande Artur.
    Quanto à questao fulcral : quem vai jogar na Luz ?
    E perguntar ao responsavel…..

  7. 10 Manel Dos Anzois
    20/10/2011 às 22:58

    Grande exibição do Benfica ontem, possivelmente até à data a melhor desta temporada! Parabéns a Jorge Jesus mais aos seus rapazes!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Bola7Inc

Outubro 2011
S T Q Q S S D
« Set   Nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Estatisticas

  • 941,002 Visitas
Free counters!

Sondagens

Top de classificação

Páginas

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 43 outros seguidores


%d bloggers like this: