13
Fev
12

Sapatada mortal!

Tal qual um corredor de fundo que a determinado momento da corrida dá uma valente sapatada na mesma, forçando o ritmo de forma a marcar posição e eliminar concorrência perigosa numa final em sprint, o Benfica acelerou o ritmo de forma a puder produzir nos próximos tempos qualidade suficiente para ultrapassar as grandes dificuldades que se antevêem nos próximos tempos.

Já no jogo para a taça da Liga foi visível o elevar dos níveis de confiança, que com a condição física são indispensáveis para atingir os objectivos imediatos, que são basicamente manter pelo menos a confortável almofada de segurança em relação ao fcp até ao jogo que pode ser até decisivo para o titulo.

Aliás a grande diferença para o ano passado por esta altura, em que se verificou o único momento decente numa época miserável, está mesmo neste último ponto, o conforto da pontuação em contraste com impossibilidade do erro da época passada.

O Benfica realizou no sábado uma 1ª parte de qualidade extra, que com o efeito boomerang, que tal qual o objecto lançado destrói tudo à sua volta e regressa à mão do lançador reforçando a sua confiança.

Com um “louco” Aimar a gerir a batuta…os primeiros 15/20 minutos deste foram uma coisa de outro mundo…o Benfica poderia e deveria ter arrumado o jogo logo ao primeiro quarto de hora, tal a quantidade e qualidade do seu jogo, com os jogadores a aceleram o jogo bem acima do limite legal.

Alguma confusão com a questão do lateral direito. Jogou Witsel e causou algum escândalo. Sinceramente não achei assim tão preocupante. O Benfica anda com um problema endógeno que dura há muito, quanto à questão dos laterais. Raramente na sua história consegue um verdadeiro lateral que não seja na melhor das hipóteses uma adaptação. Os melhores dos últimos anos, Maxi e Coentrão são bons exemplos. Quase todas as contratações nos últimos anos para lateral direito revelam-se falhanços profundos. As opções a Maxi são medíocres, porque Almeida assusta e Miguel Vítor serve para soluções mais defensivas. Achei por isso natural a colocação do belga nessa posição, porque o jogo atacante do Benfica necessita de laterais com vocação ofensiva e como já se encontra em campo Emerson…e ele esteve longe de ter estado mal como ouvi. Eu queria ver o Maxi a jogar sem a protecção que Gaitan não deu, se faria melhor no sábado passado.

É claro que o jogo teve o habitual suspense do costume, desta vez com o dedo do Sr. Árbitro que resolveu trabalhar na “argumentação “ do filme, ao invés de se ficar como mero actor, marcando um penalty ridículo, que teve o condão de treinar a equipa do Benfica para situações similares que provavelmente ocorrerão nos tempos mais próximos.

Como reagir a situações destas? Aguentar calado, recuar, reforçar posições, e pensar uns instantes para depois dar dois passos em frente e acabar com a estórinha. Assim o fez o Benfica e então depois do 4-1, vontade não deve ter faltado a todos os intervenientes para acabar com o desafio e todos irem para casa, pois o jogo acabou ali e o resto foram peripécias para animar, como o regresso do Cardozo á anedota do penalty falhado, mais uma vez sem graça nenhuma, comos e viu pelos sorrisos amarelos dos adeptos encarnados.

Muito bom jogo genericamente de todos, JJ incluído, que esteve particularmente bem na antecipação da entrada do veloz Mateus, com a entrada de Miguel Vítor. Apesar de ser um jogo bom para médios e em especial, avançados mostrarem serviço, com Rodrigo a exagerar na qualidade, e Gaitan se calhar mais motivado que o normal devido aos pedidos de acreditação de observadores além fronteiras, gostei em particular da exibição de Garay, hoje por hoje o melhor central argentino. Nota 10. Curiosamente, no outro lado gostei de alguém que me tinham chamado à atenção, o central Neto. Belo jogo deste rapaz gadelhudo e barbado…até dá para fazer uma pequena provocação a sportinguista…alguém sugeriu-me ontem que caso os centrais do Nacional fossem os 2 martelões do Sporting seria resultado de saco cheio.

Prá semana há mais.

Bola7 falou…

Anúncios

6 Responses to “Sapatada mortal!”


  1. 13/02/2012 às 16:42

    Brilhante crónica… absolutamente genial.
    Os meus mais sinceros parabéns!

  2. 2 miguel
    13/02/2012 às 16:46

    Bola7 tambem està em grande forma …..

    NEXT

  3. 3 Carolina Salgado
    13/02/2012 às 16:53

    Grande Bola7, elogio a JJ e tudo… cum carai….

  4. 4 tabakaebola
    13/02/2012 às 16:54

    tenham Paciência pah 🙂

  5. 5 Asdrubal
    13/02/2012 às 18:25

    Caro Bola7,
    Gostava de saber o que acha da utilização de uma dupla de avançados esquerdinos. Lembro-me que defendia fortemente a impossibilidade de tal acontecer com bom proveito. Na verdade, estamos perante uma das duplas mais eficazes nos últimos largos anos em Portugal.

    • 6 tabakaebola
      13/02/2012 às 18:55

      e mais que isso…no sábado o Benfica jogou com o Emerson…Matic…Gaitan…Cardozo e Rodrigo…confesso o meue spanto sobre isso…tá visto que o talento não se mede ao pé…mas é só pegar nas grandes equipas do futebol mundial e comparar no presente e passado…não me lembro de tal ter acontecido…se reaprar no presente quem se aproxima mais é o Real com Marcelo…Coentrão…Ozil e Di Maria…mas pode ser só equisitice…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


Bola7Inc

Fevereiro 2012
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
272829  

Estatisticas

  • 941,113 Visitas
Free counters!

Sondagens

Top de classificação

Páginas

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 43 outros seguidores


%d bloggers like this: